08/01/2010

Ama teu raro


.
Ama teu raro, Helena.
.
Vivera tão cercada de amores turvos,
Insossos, sem cores.
Que restara às suas paixões
Deitar-se em versos,
De rara maestria,
..........Na ilusão dos sonhadores.

Traz tuas fantasias
E tuas inseguras certezas
Até o templo de teu poeta
E entrega, sem medo,
Tua alma à paixão,
..........Sem fronteiras.

Poetas transgridem a razão,
Desafiam o previsível
E doam intensidade
A cada gesto ou palavra,
Posto que paixões
Desconhecem a previsibilidade
..........Dos comuns.

Sê rara, portanto,
Devolve as estrelas
Às minhas noites
Que te asseguro o melhor sorriso
..........De cada manhã.
.
.
Anderson Fabiano
.
Imagem: Coleção particular do autor. MAC - Niterói - RJ
.

6 comentários:

Helena disse...

Lindo, lindo!
Tudo o que um coração que ama deseja (e precisa) é encontrar, no coração do amado, o templo e o altar onde se dará a mais bela celebração de todas: a do Amor que os torna um. A esse encontro, a esse sim correspondido, o universo se curvará, em reverência... E celebrará a vida, retribuindo a mútua devoção com a bênção de noites estreladas e amanheceres claros e sorridentes!
Barba do céu!!
Disse uma vez que intensidade das tuas palavras faz com que a gente sinta na pele a emoção que as disse... E pode ter certeza que essa é uma grande verdade!
Coisa linda! Amei demais!
E amei demais também a ideia desse espaço. Amei o blog!
Quices 4 u e meu imenso carinho!

myra disse...

muito lindo!!!!!
gostei deste lugar teu!

Gato Vadio disse...

O Poeta não é um ser, na acepção da palavra: é um estado de espírito que, dependendo da invocação apaixonada dos mortais, queima-nos a alma feito um Santo Fogo da Paixão mais gloriosa, êxtase absoluto de beleza diferenciada, apenas perceptível por todos que decifram o mistério das palavras bem urdidas. Abraço, parceirinho; arrebenta!!!

Colorindo o Mundo disse...

Bravo amigo! Muito bom! Parabéns pelo blog. beijos!

lazara disse...

Anderson,seu blog está maravilhoso, simplesmente maravilhoso!Tuas palavras chegam assim devagar e estacionam na alma da gente, embriagando-a, como seleto vinho. És um grande poeta! Meu beijo. Layara

Helena Chiarello disse...

Uma promessa linda, que amo ver cumprida nesse sorriso que desperta comigo a cada manhã, a cada dia...
Amo sim...