11/02/2010

Los ojos de Beatriz



Los ojos de Beatriz
(Versión en español. Abajo, en el original en português)

Quería a ser puro…
¡No santo! Pero puro.
..........Apenas puro.

Los placeres de la carne
Y las pasiones intensas
..........Todavía mueven mis instintos.

Quería de vuelta al niño que hay en mí
Aquél que dibujaba en las nubes
..........Y confiaba en la gente…

"Deseé crecer, sin perder la ternura",
Pero, creo que lo perdí…

Quería inclinar mi mirada sobre un balcón
Ver las alegrías o las tragedias de cada uno
Y a transmutarlas, en un idioma universal,
..........De Paz, sutileza y candidez

Quería saber la medida justa
Entre lo sacro y lo profano,
Y, incluso mundano,
..........Cargar mis versos de dulzura...

Sé que otra vida me espera,
Luego después de aquí
Así que por único favor:
.
Cuando esta vida estuviera a un triz,
Me dejaran ver el mundo
..........Al menos por un segundo.
....................A través de los ojos de Beatriz.
.
Anderson Fabiano
Adaptación: Xiomara Beatriz

Esta poesía está dedicada a mi amiga Xiomara Beatriz, una mujer de que aprendió ver la vida con los ojos del alma.A. F.

Os olhos de Beatriz

Queria ser puro...
Não santo!
..........Apenas puro.
.
Os prazeres da carne
E as paixões intensas
..........Ainda movem meus instintos.

Queria de volta o menino de mim
Aquele que desenhava nas nuvens
..........E confiava nas pessoas...

“Quis endurecer, sem perder a ternura”,
Mas, acho que a perdi...

Queria debruçar meu olhar
Por sobre uma varanda,
Ver as alegrias e tragédias de cada um
E transmutá-la, num idioma universal,
..........De Paz, leveza e candura...

Queria saber a medida certa
Entre o sacro e o profano,
E, mesmo mundano,
..........Carregar meus versos de doçura...

Sei que outra vida me espera,
Logo depois daqui.
Assim, peço um único favor:

Quando esta vida estiver por um triz,
Me deixem ver o mundo,
..........Ao menos por um segundo,
....................Pelos olhos de Beatriz.
.
Anderson Fabiano

Esta poesia é dedicada à minha amiga Xiomara Beatriz, uma mulher que aprendeu a ver a vida com os olhos da alma.A. F.
.
.
Imagem: Montagem sobre tela de Brueguel (Provers)

20 comentários:

Anne Lieri disse...

Anderson,poesia maravilhosa,de sonho!Ser de novo um menino para ver tudo com pureza!Lindos os olhos da Beatriz!Abraços,

Xiomara Beatriz disse...

Lo más bello del arte es descubrir la mirada con la cual se perciben el mundo y las cosas…. Te doy infinitas gracias, Anderson, por recrear con tu creativa mirada mi humilde cosmos literario. Eres un gran artista de la palabra. Besos.

vuelo de hada... disse...

Peciosa dediciación a veces nos cegamos y nada como verlo todo a través del alma, es la mayor conexión con la vida.
Un abrazo

Alís disse...

Qué hermosa dedicatoria, qué hermoso deseo, de querer ver la vida por los ojos de un amigo, por los ojos de una alma.
Sigo aquí, porque me gusta
Beijo

Sonhadora disse...

Que beleza de poema...adorei ler tão boa poesia.

Beijinhos

Caterina disse...

Leggo questa bellezza ascoltando la musica di Einaudi. La mia anima si é rasserenata:))
Bacini e bom fim de semana

Anônimo disse...

Agora vc me fez chorar... lindos versos... encantador... amei suas palavras, estou emocionada.
Adoro essa sua forma romântica de se expressar e principalmente de homenagear uma amiga.
Escreve mais assim poetinha!!! Deixe essas emoções suaves tomar conta, é tão bom...
Bjs queridão,
Leka.

Anônimo disse...

Voltei meu querido, só para te dizer, que seus desejos já fazem parte da sua missão, e com certeza, por merecimento, serão atendidos!!!

Parabéns!!!!!

Leka

Helena disse...

*

Esse desejo bom se manifesta assim, de forma tão intensa e pura, com essa voz tão comovente e bela, porque o (teu) coração conhece o combustível que o move... A ternura, a leveza e a doçura são a tua própria essência, meu querido...

E eu sei, de olhos fechados, que o menino que desenhava em nuvens ainda (e sempre) mora aí... E é o mesmo que escreveu esses versos...

Ler esse poema me permitiu “tocar” de pertinho a Paz...

É lindo demais, barba!

Que todos nós possamos aprender a ver o mundo, mesmo que por um segundo, "pelos olhos de Beatriz"...


Um beijo e meu (sempre) carinho!...

Le*

Niniane disse...

Tão suave,
Tão simples e também tão sincero.
***

Secreta disse...

Os olhos da alma são os que vêm tudo com mais intensidade e com mais verdade também!
Beijito.

Dani disse...

oii vim conhecer teu espaço..
tão bom qdo a gente consegue enxergar com os olhos da alma né...
ainda estou me esforçando pra conseguir... assim, 100%...
beijinhos

Taty Cascada disse...

De Blog en Blog arribé al tuyo, y me encuentro con la sorpresa que conoces a Beatriz. Es una mujer maravillosa, leo y sigo sus escritos, ahora también pasaré por tu casa.
Besitos.

Maria Helena Sleutjes disse...

Ah, queridíssimo, você é tudo o que disse no poema, tenha certeza disso, e mais, você encontrou esta Beatriz que deve ter o olhar de um anjo para transportar tanta beleza. Bebo sua poesia como um peregrino que morre de sede e não tem descanso.
Bjos

Silvana Nunes .'. disse...

Boa tarde.
Bravo, Anderson. Lindíssima poesia.
Como foi de carnaval? Passeou ou pulou ?
Como se não bastasse estar bloqueada para adicionar ( quando tento aparece uma mensagem dizendo que o priprietário do blog proibiu a minha entrada no site), agora sumiu aquele link onde as pessoas pegavam para colocar na página. Se você a vir por estes blogs, me avisa para que possa recuperar.cada hora que abro a página tem uma novidade.
Pior de tudo é que para achar vocês é um horror, porque todos os links sumiram da minha página. Tenho que esperar que venham até aqui para chegar até vocês.
Beijo

Chica disse...

Um poema que passa uma linda sensação.Linda dedicatória! abração,chica

Maria Emília disse...

Penso que é isso mesmo que muitos de nós anda a tentar fazer: ver a vida com os olhos da alma. Por isso falo tantas vezes em reencontrar a criança que existe em nós.
Um beijinho,
Maria Emília

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Amigo.

Leio os versos:

"Queria de volta o menino de mim
Aquele que desenhava nas nuvens
..........E confiava nas pessoas..."

Este desejo também é meu.

Que os sonhos te acompanhem sempre.

Chuta disse...

ANDERSON

Muy bello.
Con la mirada decimos todo, descubrimos todo!!!
Hermosa dedicatoria para una amiga vista con los ojos del alma.

myra disse...

belissssssssssimo!!!!!!!!!!!!!!!