03/03/2011

Pra você, amada minha

.
.......................... "A vida não é brincadeira, amigo.
.......................... A vida é arte do encontro
.......................... Embora haja tantos desencontros pela vida..."

.......................... Samba da Bênção - Vinícius de Moraes e Baden Powell

Dedicado, mais uma vez e perenemente, à minha mulher Helena,
por me permitir, após tantos involuntários equívocos, tirar estas letras do plano abstrato e colocar, finalmente, o nome dela na penúltima estrofe.

Anderson Fabiano



Pra você, amada minha

Guerreiro forjado em batalhas tantas
Repouso enfim, minhas armas.
Deito a lança, aposento a espada
E recostado sobre o escudo
Cicatrizado de embates tantos
.......... Inventario os equívocos.

É doce perceber as missões cumpridas
Numa vida de cruéis enfrentamentos.
Combatente multifacetado
Fui “Maquis”, bolchevique,
Legionário e gladiador.
E até, mercenário.
Mas, samurai de um só Mestre
.......... O Amor.

Vasculho as mazelas,
Garimpo virtudes
E sorrio, enfim:
.......... Amei uma só mulher!
E, ainda que tivesse tantos nomes,
Tantos corpos, tantas caras,
Foi sempre a mesma
Tomada de meus braços,
.......... No minuto final da Atlântida.

Varei séculos
Entre o mitológico e o real
Ouvi todas as vozes
Provei todas as carícias
Beijei todas as bocas
Invadi (nem sempre consentido)
Todos os corpos
.......... E, finalmente, sei de você, Helena.

O amanhã já não importa
Achamo-nos e somos eternos.
Sabemos nossos nomes,
Nossos sons, nossas formas.
E escudados no providencial silêncio
Somos enfim, o prometido par
.......... De outros tempos.

Anderson Fabiano

Imagem: Arquivo do autor

22 comentários:

chica disse...

DIO SANTO,rsrs( como boa gringa véia, isso salta sempre!!!srs) !

Que linda declaração de um amor que estava guardadinho pra vocês em uma gaveta qualquer da vida e vocês souberam abrí-la.

LINDO e adorei a foto!


Parabéns e Helena deve ter amado mesmo essa homenagem! abração,tuuuuuuuuuuuuuuuuuudo de bom, SEMPRE! chica

emmimumsonhoazul disse...

___________________________________


Anderson até me emocionei...Também acredito que os amores verdadeiros, já viveram muitas vidas juntos!

Você e a Helena! Que coisa mais bonita...

O seu poema é uma ode ao amor maior!

Adorei... Beijos e o meu carinho!

_______________________________

Melissa disse...

Fabiano... teu poema, sob meus olhos, ganha formas e significados ainda mais fortes pelo privilégio, por mim adquirido, de observar o muito de realidade presente em cada sentimento descrito por ti...

É bom assitir "de camarote" um amor tão especial como o de vocês!! E tão bem descrito em versos com essa emoção e belezura...

Amo sim... de paixão!
Um beijooooo, Mel.

Gaivotadourada22 disse...

Querido Poeta...
Como disse Mel, é maravilhoso assistir de camarote essa FELICIDADE impressa por esse AMOR manifesto em VOCÊS... E essa PLENITUDE transborda da ALMA nessa MARAVILHOSA POESIA, o que dá para esse AMOR a etiqueta de VERDADEIRO e o certificado de PAR PROMETIDO DE OUTROS TEMPOS!!!
Aplausos Mil e todas as V!V!V! (a Lê te explica o que são as V!).
Abraços Amigo Poeta!

Sonia Pallone disse...

Linda foto Anderson, por si só ela fala desse amor bonito. Bjs.

Secreta disse...

Estou encantada!
Que o Amor acompanhe sempre a ti , e à Helena!
Beijito.

mhelena disse...

ANDERSON, querido amigo, celebre a vida porque você encontrou neste amor a sua verdadeira essência, tão difícil de encontrar no outro. Este é um amor maior, o verdadeiro encontro.

Helena disse...

* * *

À sua volta,
o deslumbramento.

No fôlego suspenso,
um ímpeto de emoção incontida,
um tremor a percorrer o corpo
e a transpassar a alma,
e aquele instante de silêncio
em que o coração confessa,
numa lágrima que escapa,
a certeza de saber que a felicidade
é muito maior do que acreditava possível...

* * *

Meu poema ao teu poema, meu amor ao teu amor... E meu beijo, por cada palavra e gesto...

Amo sim! E sempre...

joaquimdocarmo disse...

Perfeita a sintonia, entre verso e verso, beijo por beijo, gesto em gesto!
Amor, sim, lindo de testemunhar, de aplaudir, de incentivar!
Também em verso!...
Abraço amigo, grato pelo carinho!

chica disse...

Anderson! Muito obrigado pelo carinho e mão estendida.

Tu e a Helena são mesmo uns amores!

Obrigadão,abraços,chica

Caterina disse...

Ciao caro poeta, la tua poesia é immensamente bella. L'oda all'amore, alla vita. E la foto.... grandissima tenerezza, mi commuove.
Un forte abbraccio

Evanir disse...

Que alegria encontrar seu blog..
De um conteudo fantastico.
Uma declaração de amor jamais vista.
Gostaria muito de poder postar nos meus blogs esse e outros poemas seus.
È uma lição de vida para quem não acredita no amor.
Um beijo carinhoso ao casal,,,Evanir.
http://aviagem1.blogspot.com/
www.fonte-amor.zip.net

Milla Pereira disse...

Nooooossa, Andersom! Que coisa mais sublime é esse amor que une duas almas, com a certeza da felicidade. EStou retornando e retomando meu Blog, amigo. SAudades, bjs

Chuta disse...

Me encanta tu poesia y todo el amor que le profesas a Helena. Felicidades.

(Poesias tristes de Brontë.)
en mi blog

Blogadinha disse...

Um encontro com o sol da vida.
O coração fala por si, ou ambos.
Bonitas palavras. Amar, como não?
Abraço!

Multiolhares disse...

quando duas almas se encontram é para toda a eternidade, assim é o verdadeiro amor
bjs

MAR disse...

Que el amor sea eterno en ti.
Muy bello post.
mar

Pedrasnuas disse...

Um amor assim merece ser louvado, naturalmente em versos cantado...e nos mais subtis e arrebatados gestos eternizado.

Meu carinho
P.N.

Sonhadora disse...

Meu querido amigo

Tinha saudades de passar aqui.
O poema escorre amor e ternura e adorei.
Agradeço as visitas, gosto muito de o ver no meu cantinho, também tinha saudades das suas palavras.

Beijinhos
Sonhadora

Vieira Calado disse...

Muito gosto no seu contacto

e em conhecê-lo.

Forte abraço

Anne Lieri disse...

Anderson,que perfeita declaração de amor!Linda demais como só vc mesmo!E a Helena merece!Uma dupla muito querida e talentosa!Bjs,

´Flor* disse...

BRAVO.PALMAS*ANDERSON..Simplesmente Divina esta poesia,que fala a linguagem da pele com pele,do amor e paixão.Cavaleiro triunfante,galgastes,morros,montanhas,
rios,passastes pontes,e em vários
caminhos espalhastes o Amor.Muitos
foram os amores,não foram mentiras,mas
as metades não se encaixaram..Quando,voltastes
aos campos de tua seara,encontrastes,
a semente da Essência,estava ali,na àrvore
da Felicidades,mas não era hora ainda.
No regresso a tua terra Natal,reconheceu
e sentiu em teu coração,a outra
metade que te completou,vinda além do
Portal,amor,paixão de outras Eras.
Parabéns.Feliz União.
Bjuss\duplos.Flor*
Anderson e Helena*